0

Ibovespa busca força no exterior para tentar recorde no último pregão de 2020

Fechar

30 de dezembro de 2020

Cesta básica: o que você precisa saber para ficar bem informado hoje
Por Weruska Goeking, Valor Investe — São Paulo – Publicado originalmente no Portal Valor Econômico. Clique aqui.

Fique de olho

O último pregão de 2020 – pelo menos nas bolsas brasileira e europeias – chega com ventos positivos trazidos pela notícia de que o Reino Unido autorizou o uso da vacina para a covid-19 desenvolvida em parceria pela Universidade de Oxford e pela AstraZeneca.

Vale lembrar que o imunizante da AstraZeneca tem a vantagem de não precisar de armazenamento tão baixos quanto o da Pfizer necessita, o que facilita as estratégias de logística para a distribuição da vacina.

Ontem, o Ibovespa renovou a máxima intradia ao atingir 119.861 pontos, mas fechou em 119.409 pontos. Falta apenas 0,15% para o principal índice da bolsa chegar ao seu topo de fechamento novamente e isso pode acontecer hoje, fechando um ano tortuoso – com direito a dois circuit breakers em um dó dia – com chave de ouro.

As bolsas europeias e os índices futuros têm leve alta e podem dar essa “forcinha” ao mercado brasileiro, mas vale lembrar que o volume financeiro tem sido bem baixo essa semana – quase metade da média vista nas três primeiras semanas de dezembro – o que torna os movimentos do mercado mais voláteis.

Para Mauro Morelli, estrategista da Davos Investimentos, é “pouco provável” a aprovação do aumento do pagamento de ajuda aos americanos de US$ 600 para US$ 2.000 – lida como positiva pelos mercados financeiros.

De qualquer forma, os cheques de US$ 600 já começaram a ser enviado aos americanos que perderam o emprego durante a pandemia.

Para quem fechou a carteira de 2020 e já está de olho no próximo ano, Mauro Morelli lembra que o ano começa com duas eleições importantes no radar, uma americana e outra no Brasil.

A Geórgia começou em 14 de dezembro a votação presencial antecipada para o segundo turno das eleições das duas vagas do estado no Senado dos EUA. O pleito está marcado para dia 5 de janeiro e definirá qual partido controlará o Senado no início do mandato do presidente eleito do país, o democrata Joe Biden.

E por que isso é importante? Após as eleições realizadas em 3 de novembro, os republicanos ficaram com 50 cadeiras, duas a mais que os democratas. Para conquistar a maioria, os democratas precisam levar as duas vagas na Geórgia para poder contar com o voto de minerva da vice-presidente eleita, Kamala Harris, quando as votações na Casa empatarem.

“A gente imagina que quem deva ter a maioria é o partido republicano e isso é bem visto pelo mercado financeiro porque traz um equilíbrio entre os partidos, os democratas da Câmara e os republicanos no Senado. Esse equilíbrio faz com que as medidas mais radicais tenham mais dificuldade de serem aprovadas”, explica.

No Brasil, a atenção no começo de 2021 fica com a eleição para presidentes da Câmara e do Senado. Como as votações das PECs do ajuste fiscal passam por ambas as Casas, os nomes que estarão no comando delas no próximo ano são muito importantes para entender qual será o ritmo e a direção da condução de temas da agenda econômica – já atrasada pelo ano tomado pela pandemia.

Bolsas internacionais
A maioria das bolsas asiáticas fechou a sessão em alta, após um dia sem brilho em Wall Street, conforme o impulso vindo da assinatura do pacote de alívio da economia americana foi diminuindo. Os índices acionários de referência caíram em Tóquio e Sydney, mas subiram em Hong Kong, Seul, Shenzen e Xangai.

Depois de bater a máxima de quase 30 anos, o índice Nikkei do Japão recuou 0,45%. Os mercados japoneses estarão fechados de quinta-feira até o final da semana, com reabertura em 4 de janeiro.

Em Seul, o índice Kospi ganhou 1,88%, e em Hong Hong o índice Hang Seng subiu 2,18%. Na China, os índices Xangai e Shenzen ganharam 1,05% e 1,34%, respectivamente. Na Austrália, o S&P/ASX recuou 0,7%.

As bolsas europeias operam em leve alta em dia de baixíssima liquidez, já que também é a última sessão do ano. O movimento é seguido pelos índices futuros em Wall Street. Vale lembrar que as bolsas americanas abrem amanhã até o meio-dia.

Com dois dias de negociação restantes em 2020, o S&P 500 acumula 15,4% este ano, e o Nasdaq sobe espantosos 43,2%.

Agenda
O último pregão do ano tem uma agenda relativamente cheia, principalmente no exterior. Nos EUA, serão divulgados diversos indicadores, como balança comercial (10h30), vendas pendentes de moradias (às 12h) e o índice de gerentes de compras (PMI) de Chicago referente a dezembro (às 10h45).

No Brasil, o resultado do setor público consolidado sai às 9h30 e o fluxo cambial semanal às 14h30.

Empresas
O Itaú Unibanco decidiu criar um serviço integrado para atender a outra ponta do setor: as gestoras de recursos. Batizada de iServices, a plataforma automatiza processos e concentra serviços como boletagem das operações, custódia e clearing feitas pelas casas junto às prestadoras de serviços.
A UnitedHealth Group, dona da Amil, está em negociações avançadas para venda de sua carteira de planos individuais, segundo o Valor apurou.
A Sequoia Logística e Transportes comunicou que o Morgan Stanley chegou a 9,8% de participação acionária na companhia, com 12,5 milhões de recibos de depósito (ADRs, na sigla em inglês) de papéis ordinários.
A Petrobras recebeu R$ 232,6 milhões após um acordo de leniência da Vitol, celebrado com o Ministério Público Federal (MPF) em 3 de dezembro.
Sanepar: A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (Agepar) aplicará índice de reajuste tarifário anual de 5,11236% a partir de 5 de fevereiro de 2021.

(Com Valor PRO, serviço de notícias em tempo real do Valor)

Para acessar esse conteúdo é necessário registrar-se.

You have successfully subscribed to the newsletter

There was an error while trying to send your request. Please try again.

Davos will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.