0

Greve dos caminhoneiros entra no combo das preocupações do mercado em dia de IPCA

Fechar

10 de setembro de 2021

Depois do pior tombo da bolsa desde março, o mercado financeiro segue observando os desdobramentos da crise institucional e política após as ameaças antidemocráticas do presidente Bolsonaro. Além dos diversos fatores de preocupação, entra no radar a greve dos caminhoneiros.

Em entrevista ao Valor Investe, o estrategista-chefe da Davos, Mauro Morelli, explica que os investidores não preveem a redução dos ruídos políticos no curto prazo.

Confira na íntegra.

Para acessar esse conteúdo é necessário registrar-se.

You have successfully subscribed to the newsletter

There was an error while trying to send your request. Please try again.

Davos will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.